terça-feira, 24 de janeiro de 2017

RECOMENDAÇÃO: KAMISAMA HAJIMEMASHITA

 
Kamisama Hajimemashita
神様はじめました / Kamisama Kiss

Gênero: Comédia, Fantasia, Shoujo ,Sobrenatural.
Lançamento: 2012.
Episódios: 1ª Temporada: 13 + 2 OVAs / 2ª Temporada: 12 + 4 OVAs (Finalizado).
Autor:
Direção: Akitaro Daichi.
Estúdio: TMS Entertainment.

Sinopse: O pai de Momozono Nanami, um homem com vício em jogos de azar, desaparece após acumular muitas dívidas. Então, a menina é expulsa de sua casa e conhece um homem tímido que estava sendo perseguido por um cachorro, ele diz que dará a ela sua casa; um santuário. Esse homem, sem o consentimento de Nanami, passa uma espécie de selo para ela, o que a transforma numa Deusa. Ela passa a morar no templo dado pelo homem misterioso e conhece um espírito da raposa chamado Tomoe, um servo do antigo dono do Santuário. Ele não aceita que sua nova mestre seja uma frágil humana. Mas através da convivência seu coração começa a mudar.

Bom, sobre esse anime, foi simplesmente maravilhoso, do começo ao fim, não teve um episódio que deixou a desejar.
O romance de Kamisama é bem simples e implícito, não é nada meloso, muito puro e cheio de história por traz do amor que Tomoe sente por Nanami. Por isso, o romance em si não começa logo de cara, ele vai se desenvolvendo bem devagar, através de problemas que vão surgindo para a Nanami durante os episódios.

 
O anime tem o gênero fantasia, pois se passa num mundo onde existem yokais, ou seja, demônios, monstros e espíritos do folclore japonês, muitos deles aparecem no anime tais como o Kappa, Tengu, Kitsune, Hebi, Tsuchigumo, entre outros. Eu particularmente adoro esse gênero.
As OVAs, que dão continuação ao final da segunda temporada, tornaram o fim perfeito, e posso dizer que são nesses 4 episódios extras, que a história por traz do romance entre os personagens principais se torna uma descoberta e também um alívio. Vocês entenderão quando assistirem. 😉


Não tenho críticas ruins sobre a animação e muito menos à personalidade muito bem desenvolvida de Nanami e Tomoe. Ambos foram muito bem feitos. Nanami é uma menina muito carismática enquanto Tomoe se mostra ser frio e reservado logo de início, mas que depois vai se abrindo ao decorrer da história. 😊


Quanto ao estúdio TMS Entretainment, que ainda não foi mencionado aqui no site, é um dos estúdios mais antigos do Japão, já se responsabilizou por outros animes shoujo muito bem criticados, como "Re:Life" e "Orange", realizado pela Telecom Animation Film, uma subdivisão do estúdio TMS que os ajuda a produzir algumas animações.

 
A autora




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário